31
Outubro
2018

CRAM Viva Flor realiza projeto de Justiça Restaurativa

CRAM Viva Flor realiza projeto de Justiça Restaurativa

 

Nesta semana, foi realizada a 1ª Mostra de Justiça Restaurativa do Centro de Referência e Atendimento à Mulher Viva Flor de Sarandi, conduzido pela Drª Cláudia Costa Lopes.


O projeto que vem sendo desenvolvido no CRAM (Centro de Referência e Atendimento à Mulher)  de Sarandi têm como iniciativa a observação da realidade das mulheres que são auxiliadas pela organização.

 

A advogada mediadora extrajudicial e professora universitária, Cláudia Costa Lopes diz que o trabalho deve ser de colaboração “Nós acreditamos que é possível, colaborar com essas mulheres por meio da resolução de conflitos que elas enfrentam, e hoje é o primeiro círculo dessa medida de Justiça restaurativa” explica.

 

A metodologia de Justiça restaurativa está sendo implantada com as (os) funcionárias (funcionários) que já trabalham com as mulheres que recebem as instruções do CRAM, essa colaboração tem o objetivo de solucionar de forma mais rápida os problemas.

 

As mediadoras hoje são um grupo de nove mulheres, que estarão disponíveis para a realização do atendimento às necessidades que possam surgir durante o processo de assistência às vítimas, seja da área social, profissional e até mesmo jurídica, sendo uma equipe multidisciplinar.

 

A Diretora de Proteção Social Especial de Media Complexidade do CRAM, Ana Paula Rodrigues Gonçalves, diz que essa parceria é uma inciativa nova “Estamos nessa perspectiva, com a realização  dos servidores envolvidos nesse trabalho, que a gente possa compreender para que esse projeto seja aplicado à população” explica Ana Paula.

 

O que é o CRAM?

 

O Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) é um espaço destinado a prestar acolhimento e atendimento humanizado às mulheres em situação de violência, proporcionando atendimento psicológico e social e orientação e encaminhamentos jurídicos necessários à superação da situação de violência, contribuindo para o fortalecimento da mulher.

 

Trata-se, portanto, de um espaço estratégico da política paranaense de enfrentamento à violência contra as mulheres que desenvolve seu trabalho por meio de uma atuação articulada com instituições governamentais e não governamentais que integram a Rede de Atendimento às Mulheres.

 

O CRAM fica localizado na Rua Castro Alves, n° 2688 – Jd. Ouro Verde e atende pelo telefone: 3126-9625.

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE SARANDI
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(44) 3264-8684

Submit to FacebookSubmit to Google Plus

Ver mais Noticias

  • Patrulha Maria da Penha garante proteção para as mulheres
  • Ação Preventiva realiza exames
  • Alistamento militar obrigatório deve ser feito até 30 de junho
  • Primeira Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Sarandi acontece na próxima quarta-feira (19)
  • I Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa no Município de Sarandi
  • Campanha de Vacinação da Gripe atinge 79,08% da cobertura
  • Comissão articula ações contra as diversas formas de violência às crianças e adolescentes
  • Estação Cidadania - Cultura discute ações de aprimoramento
  • SAS promove apresentações teatrais Rede Socioassistência
  • Casamento Comunitário será realizado em Outubro
  • A Campanha do Agasalho 2019 já começou
  • Prefeitura de Sarandi realiza prestação de contas 1º Quadrimestre de 2019
Prefeitura do Município de Sarandi-Pr.
Rua: José Emiliano de Gusmão, 565 - Centro
CEP. 87111-230 Fone/Fax: (44) 3264 - 8600
CNPJ: 78.200.482/0001-10
Sarandi-Pr./2019

Horário de Atendimento: Das 08:00hs às 11:30hs e das 13:00hs às 17:30hs

Eleições para
Novos Conselheiros Tutelares
do Município de Sarandi/PR.
Gestão 2020-2024

Acesse o Edital aqui...

ou matéria sobre, publicada no site da Prefeitura.Aqui...